DOUTOR DA VIDA E DO MUNDO, LULA RECEBE TÍTULO TAMBÉM DA ACADEMIA

Do Último Segundo:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu no começo da noite desta sexta-feira o seu primeiro título de doutor honoris causa, concedido pela Universidade Federal de Viçosa, cidade mineira distante 230 quilômetros de Belo Horizonte. A honraria entregue pela reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares permite que o ex-presidente seja tratado da mesma forma como os que obtiveram doutorado acadêmico. A solenidade contou com a presença de aproximadamente seis mil pessoas.

“Vocês não têm dimensão de como um homem que já passou por todas as emoções que um homem pode passar se sente emocionado ao receber hoje o meu quarto diploma: o primeiro diploma do primário, o segundo diploma do Senai, o terceiro diploma de presidente da República e o quarto diploma, de doutor honoris causa aqui da Universidade Federal de Viçosa”, afirmou Lula. E completou: “Vocês não imaginam o que vai acontecer neste mundo agora, quando as pessoas olharem para mim com desdém, porque eu não tenho diploma universitário, e eu vou mostrar aquela foto, vestido como doutor honoris causa de Viçosa”.

Além de receber o título, Lula é paraninfo de 1.200 graduandos da universidade. Na solenidade em que participou nesta sexta, participam apenas 363, dos centros de ciências agrárias, exatas e tecnológicas. O restante dos graduandos colou grau na semana passada.

Em sua fala aos alunos, o ex-presidente brincou ao pedir para que eles se preparassem para um discurso longo. “Até 31 de dezembro fazia de oito a nove discursos por dia. Há 21 dias não faço discurso. Preparem-se porque a noite será longa”.

Além disso, não perdeu a chance de criticar os adversários políticos: “O que mais me orgulha é que estamos revertendo uma criminosa negligência com a formação profissional da nossa juventude, pois não há exagero em dizer que a omissão do Estado brasileiro, ao deixar de oferecer qualificação profissional para inserção de jovens no mundo do trabalho, acabou por funcionar como força auxiliar de um tráfico, de um crime que deveria combater. A juventude pobre é a grande vítima. A educação é o cerco final do crime e é nela que o Brasil de hoje está empenhado”, afirmou.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, conversou com a imprensa e contou que é a primeira vez que Lula recebe o título. “O presidente disse que não aceitaria o título como presidente, apenas quando deixasse o cargo”.

Lula chegou de jatinho à cidade de Ubá, a 60 quilômetros de Viçosa, acompanhado do fotógrafo oficial da Presidência da República em seus dois mandatos, Ricardo Stuckert.

O ex-ministro chefe da secretaria-Geral da presidência, Luiz Dulci, também estava na aeronave.

Haddad, o presidente do PT de Minas Gerais, deputado federal Reginaldo Lopes, e outras lideranças aguardaram Lula no aeroporto, assim como simpatizantes do ex-presidente.

Lula abraçou pessoas e posou para fotografias antes de seguir para Viçosa, em um BMW X6.

O ex-presidente permaneceu no hotel Alfa até 18h30 e depois seguiu para a universidade.

Ao chegar à universidade, Lula evitou jornalistas, sob alegação de que concederá entrevistas daqui a três meses. Ao ser questionado se iria participar do Fórum Social Mundial, Lula disse que “se for, jornalistas ficariam sabendo”.

O fórum acontece entre 6 e 11 de fevereiro no Senegal.

Em discurso, o ex-reitor da universidade Luiz Cláudio Costa enalteceu avanços durante a gestão de Lula. Ele disse que de R$ 60 mil subiu para mais de R$ 6 milhões os investimentos em assistência estudantil. Costa assumiu há duas semanas a Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação.

BANCO DO BRASIL TAMBÉM PASSARÁ A OPERAR COM O FIES

Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A partir de hoje (30), o Banco do Brasil começa a operar também como agente financeiro do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O programa do Ministério da Educação (MEC) permite que estudantes de baixa renda financiem sua formação em cursos superiores de instituições particulares. Até este ano, o único banco participante do Fies era a Caixa Econômica Federal.

Com a entrada do Banco do Brasil, o MEC acredita que a principal vantagem é o aumento do alcance do programa em função da ampla rede de agências bancárias. Hoje, o Fies tem 500 mil contratos ativos. Em 2010, o programa foi reformulado para facilitar o acesso do estudante ao crédito. Agora, o aluno pode pedir o financiamento a qualquer momento e não é necessário aguardar o início de cada semestre, como ocorria antes. Também houve redução dos juros e ampliação do prazo para pagamento da dívida.

O estudante interessado em conseguir o financiamento deve primeiro acessar o site do Fies http://sisfiesportal.mec.gov.br e se cadastrar. Em seguida, a Comissão de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) de cada instituição deve validar os documentos para que o aluno possa contratar o financiamento, seja no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal.

No lançamento do novo Fies, o ministro da Educação, Fernando Haddad, disse que havia recursos disponíveis para 200 mil novos contratos. Nos últimos dois meses foram formalizados 42.934 contratos. Segundo o ministério, 729 mantenedoras de instituições de ensino superior participam atualmente do Fies e 144 estão em fase de adesão.

EXPANSÃO DA REDE DE EDUCAÇÃO SUPERIOR TERÁ MAIS 134 CAMPI ATÉ 2012

Até 2012, mais 134 cidades em todo o país receberão um campus de universidade federal. A afirmação foi feita pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, nesta sexta-feira, 20, durante a cerimônia de inauguração simultânea dos novos campi das universidades federais de São Carlos (UFSCar), em Sorocaba (SP), e de Santa Catarina (UFSC), em Curitibanos (SC). A solenidade teve a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

“A política de democratização do acesso à educação superior atende, hoje, mil municípios em todo o Brasil”, disse Haddad. O ministro lembrou que há 105 campi em funcionamento pleno, com instalações definitivas, servidores com concurso e alunos matriculados. Na área da educação superior a distância, já existem 559 polos da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Além disso, até o fim deste ano, terão sido criadas 214 novas unidades dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, que oferecem cursos técnicos, de tecnologia e licenciaturas.

“Estamos mudando o paradigma, tentando transformar o Brasil em um país um pouco mais igual e justo”, enfatizou o presidente Lula. Em sua opinião, o Estado está cumprindo seu papel. “Não existe ninguém mais inteligente ou menos inteligente; o que existe é a igualdade de oportunidades ou não”.

Na visão da secretária de educação superior do Ministério da Educação, Maria Paula Dallari Bucci, a política de expansão das universidades federais ampliou oportunidades para muitas pessoas. “A importância vai além dos novos prédios e estruturas; os filhos desta geração vão crescer sabendo que podem estudar em suas próprias cidades”.

O campus da UFSCar possui 14 salas de aula, dez laboratórios, quadra poliesportiva, restaurante universitário e biblioteca, em uma área de aproximadamente 70 mil m2. As obras tiveram investimento de R$ 19 milhões. Além do campus de Sorocaba, a UFSCar possui outros dois campi, um em São Carlos (SP) e o outro, em Araras (SP).

Atualmente, são oferecidos cursos de graduação nas áreas de administração, ciência da computação, engenharias florestal e de produção, turismo, pedagogia, economia, biologia (bacharelado e licenciatura), e as licenciaturas em geografia, química, física e matemática. Também há opções de mestrado nas áreas de diversidade biológica e conservação, economia e ciência dos materiais.
Já o campus de Curitibanos da UFSC, conta com 15 salas de aulas, biblioteca, dez laboratórios integrados e auditório com 180 lugares. A instituição oferece o curso de ciências rurais, que consiste no primeiro ciclo de um modelo de ensino superior caracterizado pela formação profissional continuada. Inicialmente, os alunos cursarão as matérias básicas e, posteriormente, seguirão para a formação específica em carreiras como agronomia e engenharia florestal. Hoje, 180 alunos estão matriculados em Curitibanos. Os investimentos no campus somam R$ 7,4 milhões.

Assessoria de Comunicação Social

BOLSISTA DE PÓS-GRADUAÇÃO PODERÁ TER ATIVIDADE REMUNERADA

Carolina Pimentel

Repórter da Agência Brasil

Brasília – Uma portaria conjunta do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação, autoriza alunos de pós-graduação a acumularem bolsa de estudo com atividade remunerada, o que era vedado. A medida, segundo o CNPq, atende antiga reivindicação dos bolsistas.

De acordo com o CNPq, o orientador precisa conceder autorização ao bolsista. A direção do curso de pós-graduação também deverá ser informada sobre o acúmulo.

A portaria prevê que a atividade remunerada deverá ter relação com a área de estudo do bolsista. O acúmulo pode ocorrer principalmente quando o estudante trabalhar como professor. É vedada, porém, para quem receber bolsas de agências públicas de fomento.

No caso de irregularidades, o bolsista é obrigado a devolver a Capes ou ao CNPq valores recebidos indevidamente.

A portaria publicada hoje (16) no Diário Oficial da União já está em vigor.

Edição: João Carlos Rodrigues

SAI PRIMEIRA LISTA DOS APROVADOS NO SISU

Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (17), a partir das 8h, na internet [www.sisu.mec.gov.br], a lista dos selecionados em primeira chamada pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição foram oferecidas 16,5 mil vagas em 35 instituições públicas de ensino superior. Para concorrer, o candidato precisava ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Pelas novas regras do Sisu, o estudante pode se inscrever em até dois cursos, selecionando um deles como primeira opção. Quem for aprovado para a primeira opção é automaticamente retirado do sistema e se não fizer a matrícula na instituição para a qual foi selecionado, perde a vaga. Já o estudante que for selecionado para a segunda opção ou não atingir a nota mínima para nenhum dos dois cursos escolhidos poderá permanecer no sistema e ser convocado nas chamadas seguintes.

Os estudantes selecionados em primeira chamada deverão matricular-se nas instituições de ensino entre os dias 23 e 24 de junho. Segundo o cronograma, estão previstas mais duas chamadas nos dias 28 de junho e 8 de julho. Ao final das três chamadas, caso ainda existam vagas disponíveis, as instituições convocarão os candidatos a partir da lista de espera gerada pelo sistema.

LISTA DE MELHORES CLASSIFICADOS DO ENADE JÁ ESTÁ DISPONÍVEL. ELES TERÃO DIREITO A BOLSAS.

Amanda Cieglinski

Repórter da Agência Brasil

Brasília – A lista com os alunos que obtiveram as melhores notas no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), em 2007 e 2008, e poderão receber bolsas de estudo em cursos de pós-graduação (mestrado ou doutorado) já está disponível no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). No total, 48 estudantes foram contemplados.

Os estudantes têm prazo de um ano para ingressar em programas de pós-graduação oferecidos por instituições de ensino superior (IES) e reconhecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Eles precisam passar pelo processo seletivo regular, organizado pelas instituições, para os cursos de mestrado e doutorado. Depois de aprovados, eles deverão apresentar cópia do boletim de desempenho do estudante emitido pelo Inep para conseguir o benefício.

A bolsa será paga pela Capes e terá o valor de R$ 1,2 mil para mestrado (com prazo máximo de 24 meses duração) e de R$ 1,8 mil para o doutorado (com duração de até 48 meses).

MEC DIVULGA AMANHÃ BOLETIM DE DESEMPENHO DOS PARTICIPANTES DO ENEM

Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A partir da 0h de segunda-feira (30), os 2,5 milhões de estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão acessar seus boletins de desempenho no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Os resultados já tinham sido divulgados em janeiro durante o período de inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), mas agora os boletins estarão disponíveis em PDF. 

Para consultar os resultados, o estudante precisa ter em mãos o número do CPF e a senha gerada durante o período de inscrição da prova. No sistema, o aluno terá disponível as notas de cada uma das provas – ciências da natureza, ciências humanas , linguagens e matemática – além da redação. Será possível comparar a média obtida com a do restante dos participantes do exame.

Desde o ano passado, o Enem utiliza a Teoria de Resposta ao Item (TRI) para calcular as notas do participante. O objetivo desta metodologia é medir o conhecimento a partir do comportamento observado nas provas.

Na escala construída pelo Inep, a nota 500 representa a média obtida por aqueles que concluíram o ensino médio em 2009 – com exceção dos egressos (que no passado já havia concluído o ensino médio) e dos "treineiros" (alunos que ainda não concluíram).

Quanto mais distante de 500 for a nota do estudante, para cima, melhor foi o desempenho dele em relação à média dos participantes. E quanto mais distante de 500 for a nota, para baixo, significa que esse candidato foi pior em relação à média.