Termina hoje prazo para inscrição no Enem

Da Agência Brasil

Brasília – O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) espera para hoje (10) – último dia de prazo – um grande número de inscrições no Exame Nacional do Ensime Médio (Enem). Muitos estudantes devem acessar o site www.inep.gov.br, que suporta até 300 conexões simultâneas. O prazo se encerra às 23h59, e o processo é todo feito pela internet. Até o fim da tarde de ontem (9), o número de candidatos chegava a quase 5 milhões.

As provas serão aplicadas nos dias 23 e 24 de outubro e, para fazer o exame, é necessário o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 35. Apenas alunos que cursam o 3° ano em escola pública estão isentos da taxa.

A participação no Enem é pré-requisito para os estudantes interessados em bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni). Quem faz a prova também pode disputar vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país ao se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Edição: Talita Cavalcante

INSCRIÇÕES PARA O ENEM COMEÇARAM HOJE

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tiveram inicio hoje as 10 horas. Os interessados podem realizar suas inscrições no sitio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Segundo notícia da Agência Brasil: “As provas serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro. A previsão do Inep é que o número de inscritos chegue a 6 milhões. O valor da taxa é de R$ 35, mas estudantes que estão concluindo o ensino médio em escola pública não pagam.”

Enem deve ser nos dias 22 e 23 de outubro; edital anunciará outra prova em maio de 2012

Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Educação (MEC) confirmou hoje (12) que deve anunciar na próxima semana as datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011/2012. A edição deste ano será em outubro provavelmente nos dias 22 e 23. A outra prova deve ser marcada para maio de 2012, nos dias 5 e 6. Os técnicos do MEC trabalham nos últimos detalhes do edital que deverá ser publicado na próxima semana. Com uma prova marcada para o primeiro semestre de 2012, confirma-se a intenção do MEC em aplicar duas edições do Enem por ano.

Em 2009 o MEC deu início a um projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem. A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país. No ano passado, foram ofertadas 83 mil vagas em 83 instituições, sendo 39 universidades federais.

A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados em uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os benefícios são distribuídos a partir do desempenho do candidato no exame e podem ser integrais ou parciais, dependendo da renda da família. Para participar do programa é necessário ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em colégio privado com bolsa integral. Em 2010, mais de 4 milhões de candidatos se inscreveram para participar do exame.

 Edição: Lílian Beraldo

MPF-PE ajuíza ação para que candidatos do Enem possam recorrer da nota

Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF-PE) ajuizou ação civil pública com pedido de antecipação de tutela pedindo acesso ao espelho das folhas de respostas dos candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O órgão também quer que o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) abram prazo para que os participantes possar entrar com recurso contra as notas obtidas.

A possibilidade de revisão da nota não está prevista no edital do Enem. O MPF no Ceará também entrou com pedido semelhante ontem (18) na Justiça Federal. Segundo o MPF pernambucano, o edital “apresenta flagrante ofensa aos princípios constitucionais da ampla defesa, do contraditório, da publicidade e da isonomia”.

Em nota, o órgão informa que recebeu “diversas” representações de estudantes relatando erro na correção das provas. Assim como já ocorreu em outros estados, os candidatos relatam que em alguns casos a nota aparece em branco, como se a prova tivesse sido anulada.

De acordo com o MEC, quando o resultado aparece em branco é porque o candidato não marcou na folha de respostas a cor do caderno de provas que recebeu. Os candidatos foram alertados que, caso a orientação não fosse seguida, a nota seria anulada. De acordo com o MEC, há cerca de 10 mil alunos que não marcaram a cor do caderno.

Segundo o MPF-PE, há ainda casos em que as pontuações “divergem das esperadas pelo aluno de acordo com o gabarito publicado”.

A metodologia adotada no Enem é a Teoria de Resposta ao Item (TRI), um modelo que atribui pesos diferentes às questões em função do número de erros e acertos obtidos pelos candidatos. Estudantes que acertam o mesmo número absoluto de itens podem obter médias diferentes.

Edição: Lílian Beraldo

Diário Oficial publica lista de municípios onde Enem será reaplicado

Christina Machado
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os estudantes prejudicados por erros de impressão nas provas amarelas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) farão novas provas de ciências humanas e de ciências da natureza na próxima quarta-feira (15), das 13h às 17h30, horário de Brasília. O edital com a lista dos municípios onde serão aplicadas as provas está no Diário Oficial da União de hoje (9). São cerca de 200 cidades, o Distrito Federal está de fora.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), entidade ligada ao Ministério da Educação (MEC), identificou até o momento 2.817 estudantes (menos de 0,1% do total) que, por algum motivo, não substituíram as provas com problemas de impressão. Mas o trabalho de análise e reanálise das 116.626 provas vai continuar, segundo o Inep.

O Inep informa ainda que os alunos identificados serão comunicados pelos meios habituais (e-mail, mensagem por celular e telefone). Eles receberão um novo cartão de confirmação de inscrição com o local onde devem se apresentar. Os estudantes receberão, após a prova, declaração de comparecimento para justificar eventual ausência no trabalho.

As normas de segurança do edital do Enem 2010 são as mesmas para a nova prova. Os alunos devem se apresentar com uma hora de antecedência no local da prova, com o novo cartão de inscrição (que estará disponível no portal do Inep) e um documento de identidade com foto, além de caneta esferográfica preta.

Edição: Talita Cavalcante

Acesse a lista de municípios aqui

15 DE DEZEMBRO É A PROVA PARA OS ESTUDANTES QUE FORAM PREJUDICADOS NO Enem

Para os estudantes que foram prejudicados pelas falhas de impressão nas provas  de ciências da natureza e humanas no Exame Nacional do ensino Médio (Enem),  os novos exames serão aplicados no dia 15 de novembro, uma quarta-feira.

O MEC informa que os estudantes que forem realizar as provas vão receber um novo cartão de confirmação com as informações sobre os locais de prova. Os candidatos receberão ainda uma declaração de comparecimento para justificar eventual ausência no trabalho ou escola, já que a prova será durante a semana.

Os candidatos serão comunicados do novo exame por e-mail, telefone e torpedo (SMS).

SITE PARA QUE ESTUDANTES PEÇAM CORREÇÃO DIFERENCIADA DAS PROVAS DO Enem JÁ ESTÁ FUNCIONANDO

Para os alunos que foram prejudicados pelas falhas ocorridas no último Enem, já está no ar o site que serve para que estes estudantes peçam correção diferenciada dos gabaritos das provas realizadas.

Site: http://sistemasenem2.inep.gov.br/correcaoprova/

Abaixo post com os gabaritos das provas