Arquivo da categoria: Projovem

TURMA 2010 DO PROJOVEM TRABALHADOR INICIA AULAS

Aos companheiros polivocálicos que comentam e se inscreveram no Projovem Trabalhador, abaixo segue uma nota, publicada no site da Nilton Lins, sobre o início das aulas. Por se tratar de um projeto nacional, de interesse público, aqueles que se inscreveram e se acham no perfil, mas que não foram selecionados, têm o direito de procurar a Semtrad, para se informar das razões da negativa da vaga. Lembre-se, o projeto também se faz com a fiscalização da população, ainda mais com uma prefeitura sub judice na organização.

A nota abaixo está no site da Nilton Lins, e é do dia 24 de junho:

A Fundação Nilton Lins e a Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Social (Semtrad) realizaram no auditório Nina Lins, na tarde desta quinta-feira, a aula inaugural do Projovem Trabalhador.

O evento contou com a presença da Coordenadora de Projetos da Fundação Nilton Lins, Profa. Dra. Cleuceliz Santana, do Coordenador do SINE Arilton Vieira, do Presidente da SINDUSCON Eduardo Lopes, do representante da Secretaria de Meio-Ambiente e Sustentabilidade Marcelo Dantas, do Superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego Alciro Vieira dos Santos, do Presidente da Fundação Nilton Lins Nilton Costa Lins Júnior, do Secretário Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social Vital Costa Melo e da Reitora do Centro Universitário Nilton Lins Gisélle Lins Maranhão.

O auditório recebeu cerca de mil alunos selecionados para o Projovem. A seleção dos candidatos ficou por conta da Fundação Nilton Lins, que verificou se os interessados preenchiam os requisitos necessários para participar do projeto, como: jovens que estejam desempregados, sejam membros de famílias com renda per capita de, no máximo, um salário mínimo (R$ 510), além de estarem cursando ou tenham concluído o ensino fundamental ou o médio.

Para o secretário municipal Vital Melo, é de grande importância a parceria com a Fundação Nilton Lins no projeto. “Foi um sucesso esse primeiro momento, acreditamos que a juventude quer e precisa se preparar para o mercado do trabalho; foi fundamental a participação da Fundação Nilton Lins para o processo de seleção e agora de aprendizado. O projeto deve continuar no ano que vem oferecendo mais vagas”, destacou. De acordo com Alessandra Portela, 25, o Projovem é a chance de melhoria de vida. “Soube do projeto pelo jornal, entrei no site e me inscrevi. O projeto vai poder me oferecer uma profissão. Preciso me qualificar para melhorar de vida”, explicou Portela.

A coordenadora dos Projetos e do Projovem na Fundação Nilton Lins, Profa. Cleuceliz Santana, ressaltou a grande procura dos jovens. “Oferecemos 1.000 vagas, mas tivemos mais de 2.100 inscrições, a escolha foi feito com cautela pela instituição e todos que foram chamados mereciam a vaga. As aulas iniciam no mês de agosto e esperamos que no ano que vêm essa união da Fundação Nilton Lins com a Prefeitura de Manaus continue”, disse Clauceliz Santana.

Projovem

O Projovem Trabalhador é um programa de qualificação técnica para jovens entre 18 e 29 anos cujo objetivo é a inclusão desses no mercado de trabalho. Ao todo foram oferecidas mil vagas para que jovens sejam capacitados com cursos profissionalizantes em vários arcos ocupacionais. A iniciativa é fruto de parceria entre a Prefeitura de Manaus e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), no valor de R$ 1,5 milhão. A execução do Projovem Trabalhador da Semtrad, que é diferente do Projovem Trabalhador Urbano da Semed, ficou a cargo do Sine/Manaus, braço da Semtrad para qualificação e requalificação profissional e intermediação a empregos. A aplicação do conteúdo será feita por professores da Fundação e do Centro Universitário Nilton Lins, na estrutura de prédios da própria instituição de ensino.

Anúncios

REGIÃO NORTE TERÁ MAIS DE 46 MIL VAGAS PARA O PROJOVEM

Do Portal Amazônia:

MANAUS – O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) disponibilizou 46.550 vagas do Projovem Adolescente para os sete Estados da região Norte. A oportunidade é para jovens de 15 a 17 anos integrantes de famílias beneficiárias do Bolsa Família outros programas sociais.

O Projovem Adolescente oferece atividades que desenvolvem as potencialidades de seus participantes e que estimulam o convívio familiar e a participação cidadã. Tem a duração de 24 meses e é executado nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

O número de vagas do projeto para todo o País foi ampliado. São 370mil vagas em 2.511 municípios brasileiros. As localidades foram selecionadas levando em conta alguns critérios, como possuir pelo menos um Centro de Referência de Assistência Social e reunir, no mínimo, 40 adolescentes de famílias beneficiadas pelo Bolsa Família.

Foram disponibilizadas 1.800 vagas para o Acre; 11.350 para o Amazonas; 1.875 para o Amapá; 21.100, no Pará; 5.600, em Rondônia; 1.000, em Roraima e 3.825, em Tocantins.

O Termo de Adesão e Compromisso do Projovem Adolescente deve ser preenchido pelos gestores municipais até o dia 31 de maio de 2010. O documento está disponível no site do MDS.