O LOUCO FOUCAULT E A LOUCURA DA PSIQUIATRIA AMERICANA

Ao publicar sua tese de doutoramento, intitulada “A História da Loucura no Período Clássico”, em 1972, o filósofo francês Michel Foucault angariou a ira dos psiquiatras estadunidenses, que o acusaram inclusive de ser doente mental.

Foucault afirma, com propriedade, que a psicologia (e a psiquiatria) jamais encontrarão a verdade sobre loucura, pois é a loucura que detém a verdade sobre essas disciplinas do conhecimento. O discurso que circunscreve a chamada loucura sempre foi constituído muito menos por um rigor médico-científico que por um discurso do poder constituído, inscrevendo sob o rótulo da loucura tudo aquilo que, do ponto de vista do sistema capitalista, não é mais ou nunca foi produtivo. O diagnóstico, portanto, é muito mais político que científico.

Em pleno século XII, segunda década, onde vivenciamos um recrudescimento do discurso progressista, através da exacerbação do culto paródico a Deus, da aplicação das penalidades medievais diante da inércia do Estado, e da eliminação da autonomia política daqueles que se recusam a produzir (sempre a produção…), eis que apenas agora os psiquiatras estadunidenses começaram a perceber que se produzem doenças em função da produção e venda de medicamentos, e não da busca do bem estar e saúde das pessoas.

Ilustram esse nosso pequeno quadro dois textos que queremos sugerir para nossos polileitores: um, da psiquiatra Marilyn Wedge, mostrando a diferença entre o diagnóstico de TDAH em crianças norte-americanas e francesas (que pode ser lido em português aqui), e outro, da jornalista Eliane Brum, o qual, com precisão, apresenta as incipientes reações contrárias à ortodoxia do DSM-V e sua patologização do mundo (leia aqui).

Resta-nos o pequeno consolo, neurótico até, de sabermos que há mais de dez anos sabemos o que só agora os psiquiatras americanos começam a desconfiar.

São as vantagens de andar acompanhados de gente louca, como Foucault.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s