DA MÁ CONSCIÊNCIA DOS VOTOS FESTIVOS

Desejamos felicidades, saúde, conquistas, dinheiro, amor, fama, alegrias e tudo o mais de bom ao outro nas festas de fim de ano. Mas, no fundo, desejamos ao outro aquilo que queremos para nós mesmos. Com o invólucro benévolo e o costume cultural, ocultamos o egoísmo de querer o melhor para nós numa sociedade desigual e, no máximo, o pouco que sobrar aos mais próximos.

Neste sentido, os votos mais sinceros e despossuídos do egoísmo inconsciente é o insulto. Ao desejar ao outro a infelicidade, a doença, o fracasso, a pobreza, o ódio, o ostracismo, a tristeza, não o queremos para nós, mas que ocorra exclusivamente com o outro.

O desejo malogrado, nascido da má fé ou má consciência é assim. Afinal, como desejar um mundo melhor sem tentar efetivamente melhorar a nós mesmos como pessoas? Como querer sincera e altruísticamente a fartura para os seus sabendo que a fome é uma produção social que oprime o outro e com a qual indiretamente contribuímos? Ao escolher a quem distribuir as bênçãos, automaticamente excluimos todos os outros. Ao escolher um modo de existir que privilegia uns (os nossos) a todos (os outros), contribuímos para erigir muros e forjar grilhões.

Por isso o desejo de Jesus jamais ficou restrito aos amigos ou à família. Por isso ele disse à multidão, “eis aqui minha mãe e meus irmãos” (Mt 12, 46-49). O Palestino, sabia que nenhum homem pode ser livre e feliz sem que todos o sejam. Eis aí o altruísmo despido da má fé, da má consciência e da irracionalidade: o desejo que quer construir o Reino de Deus na face da Terra.

Anúncios

Uma resposta em “DA MÁ CONSCIÊNCIA DOS VOTOS FESTIVOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s