DA MÁ CONSCIÊNCIA DOS VOTOS FESTIVOS

Desejamos felicidades, saúde, conquistas, dinheiro, amor, fama, alegrias e tudo o mais de bom ao outro nas festas de fim de ano. Mas, no fundo, desejamos ao outro aquilo que queremos para nós mesmos. Com o invólucro benévolo e o costume cultural, ocultamos o egoísmo de querer o melhor para nós numa sociedade desigual e, no máximo, o pouco que sobrar aos mais próximos.

Neste sentido, os votos mais sinceros e despossuídos do egoísmo inconsciente é o insulto. Ao desejar ao outro a infelicidade, a doença, o fracasso, a pobreza, o ódio, o ostracismo, a tristeza, não o queremos para nós, mas que ocorra exclusivamente com o outro.

O desejo malogrado, nascido da má fé ou má consciência é assim. Afinal, como desejar um mundo melhor sem tentar efetivamente melhorar a nós mesmos como pessoas? Como querer sincera e altruísticamente a fartura para os seus sabendo que a fome é uma produção social que oprime o outro e com a qual indiretamente contribuímos? Ao escolher a quem distribuir as bênçãos, automaticamente excluimos todos os outros. Ao escolher um modo de existir que privilegia uns (os nossos) a todos (os outros), contribuímos para erigir muros e forjar grilhões.

Por isso o desejo de Jesus jamais ficou restrito aos amigos ou à família. Por isso ele disse à multidão, “eis aqui minha mãe e meus irmãos” (Mt 12, 46-49). O Palestino, sabia que nenhum homem pode ser livre e feliz sem que todos o sejam. Eis aí o altruísmo despido da má fé, da má consciência e da irracionalidade: o desejo que quer construir o Reino de Deus na face da Terra.

Anúncios

Uma resposta para “DA MÁ CONSCIÊNCIA DOS VOTOS FESTIVOS

  1. A criacao de um mito presume o demonio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s