ANEDOTA DE UM JORNALISMO MICROCEFALO E MEGALOMANO

Do jornalismo microcéfalo e megalomaníaco:

Um repórter amazonense esteve em Belém, e conversou com alguns repórteres esportivos. Estes confidenciaram que torcem para que Manaus perca a condição de subsede da Copa 2014. Qual a manchete em seu blogue no dia seguinte?

“PARAENSES TORCEM PARA QUE MANAUS PERCA A SEDE DA COPA”

Observação: a microcefalia se manifesta no fato do jornalista parecer ignorar as manifestações discriminatórias contra os paraenses que circulam em Manaus, do jaraqui com farinha ao pirarucu de casaca. Utilizar um meio público para reforçar essa discriminação é, no mínimo, irresponsabilidade. A megalomania escapa, freudianamente, no fato de que o repórter amazonense considera a opinião de seus pares, como a opinião geral do povo paraense. Não o é.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s