Estudantes interditam avenida em frente à UFAM contra reajuste da tarifa

Do Portal D24AM

Manaus – Uma manifestação contra o aumento da tarifa do transporte coletivo deixou o trânsito na Avenida General Rodrigo Otávio completamente congestionado nesta terça-feira (22). Estudantes da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) se concentraram às 17h na frente da instituição e chamaram atenção de  outros alunos que passavam por lá no momento. Segundo os líderes estudantis, 600 estudantes interditaram as duas vias da pista, deram a volta na Bola do Coroado e retornaram à Universidade.

Com faixas, cartazes e nariz de palhaço, os manifestantes pediram o congelamento imediato da tarifa, e criticaram o prefeito de Manaus Amazonino Mendes. A manifestação foi motivada pelo anúncio de que a passagem de ônibus na capital pode subir para R$ 2,80 assim que os novos veículos entrarem no sistema. A manifestação foi bastante comentada no twitter, e as expressões #contraoaumentomao e #Rodrigo Otávio ficaram entre as mais comentadas no twitter  no final da tarde desta terça-feira.

Os estudantes também pediram que os veículos de Integração que fazem o transporte dentro da UFAM não sejam retirados pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), como foi cogitado.

Apesar do transtorno no trânsito, os motoristas mais próximos faziam sinal de apoio aos estudantes, estimulando o protesto. Para a mãe de família Shirlene Pinheiro, 45, a iniciativa foi válida. “O que os estudantes estão fazendo é muito certo. Meus filhos andam de ônibus, eu muitas vezes também preciso usar o transporte público. Vou chegar atrasada no meu compromisso, mas com dignidade, porque apoio a causa e se não estivesse no carro estaria andando com eles”, ressalta.

Segundo os policiais que acompanharam a manifestação, todo o percurso foi tranquilo, e o protesto foi pacífico até o fim.

Congestionamento

O Manaustrans informou que o engarrafamento causado pelo protesto ultrapassou a Avenida Rodrigo Otávio, congestionando também  a Efigênio Sales, a Bola da Suframa, e toda a André Araújo, entre 17h e 18h30.

Precipitado

Um pouco antes da Manifestação, o diretor de transportes do SMTU, Paulo Henrique, se reuniu na Pró Reitoria de Assuntos Comunitários da Ufam (Procomum) com autoridades da Universidade para discutir a questão dos ônibus Integração, entre outros assuntos. Ele disse que considera o protesto precipitado. “O valor da tarifa ainda não foi definido, e os cinco veículos de Integração vão continuar funcionando na Ufam. Essa manifestação é precipitada.”, declarou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s