PARA COMEÇAR A SEMANA: DUAS VERSÕES DE TAÍ

Anúncios

3 Respostas para “PARA COMEÇAR A SEMANA: DUAS VERSÕES DE TAÍ

  1. É divertido ver o texto mudar seu significado dependendo do contexto em que ele é inserido. As diferentes leituras provocam, pelo menos em mim uma sensação de enriquecimento crítico para a análise do discurso. Apreciso as divergências desde que elas sejam ebasadas em argumentos sólidos. E os da Marina de La Riva convencem tanto quanto os da nara Leão. Acho até que são complementares. Enquanto uma faz uma reflexão intimista a respeito do seu fracasso amoroso, talvez até admitindo secretamente uma certa compulsão obssessiva, a outra quer mais é o tribunal de rua, sem medo reinvindica que todos o acusem com os olhos e o humilhem em público na esperança de que ele volte a ficar com ela.

  2. viver a dor é viver o obvio

    • Querido Companheiro Nelson Noel,

      Quando a dor nos leva somente a ações reativas, realmente ela é óbvia e diminui todas as nossas potencialidades. Mas quendo ela nos leva a reagir, resistir e, mais do que tudo, produzir, criar e construir novas formas de compreender e amar a existência em comum, aí companheiro, a dor é dissolvida e se transforma na alegria de sabermos que todos somos capazes de amar sem culpa.

      Beijos carinhosos do Poli.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s