TRIBUNAL NACIONAL DE HAIA INVESTIGARÁ DENUNCIAS CONTRA PRESIDENTE LÍB IO MUAMMAR KADHAFI

Em meio as denuncias contra o presidente da Líbia, Muammar Kadhafi, de que ele tenha ordenado bombardeios em áreas urbanas e também enterrado pessoas vivas, o Tribunal Internacional de Haia irá investigar os possíveis crimes contra a humanidade neste país.

Hoje o promotor do tribunal, Luis Moreno-Ocampo, pretende revelar os nomes dos envolvidos: “O promotor vai apresentar um resumo dos supostos crimes cometidos na Líbia desde o dia 15 de fevereiro de 2011 e informações preliminares a respeito das entidades e pessoas que poderão ser processadas”, informou o TPI, em comunicado.

A nota ainda diz que “Além disso, o promotor também vai pedir informações de outras fontes, incluindo a Interpol [organização internacional que colabora com as polícias de vários países], que vai dar assistência”. Ainda há a contribuição com o gabinete do promotor da instituição supranacional Organização das Nações Unidas, da União Africana e da Liga Árabe.

De acordo com notícia vinculada na Agência Brasil de ontem:

“Após a fase de investigações, o promotor vai apresentar as conclusões aos juízes que integram o tribunal. Os magistrados decidirão se vão emitir mandados de prisão com base nas provas apresentadas.

A estimativa, segundo organizações não governamentais, é que cerca de mil pessoas morreram nos conflitos entre manifestantes e policiais na Líbia. De acordo com dados recentes, o Leste do país está sob controle de forças contrárias ao regime. Os ativistas contra Kadhafi fizeram de Benghazi, a segunda maior cidade do país, sua capital.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s