POLIDIZERES

O QUE OS OLHOS NÃO VÊEM – Dizem que a tevê não mostra porque não pode. Outros não vêem porque não querem. Mas está lá. Em cada morro que deslizou, em cada enxurrada que passou, em cada corpo que ficou, dá para ver, gravadas, as imagens dos rostos dos governantes que, nas últimas décadas, nada fizeram para impedir que a cidade pudesse existir em comunidade com a natureza.

***     ***

INTELIGÊNCIA – O que também se pode ver em toda esta situação política é que, embora a natureza tenha sido pródiga com todos, há alguns que se recusam a usar aquilo que ela deu de mais rico: a inteligência. Uns não usam para governar; outros, para escolher.

***     ***

CULTURA POPULAR – Boi de Parintins faz apresentação EX-CLU-SI-VA em festa de arromba em condomínio de luxo, em Manaus, neste final de semana, por ocasião do aniversário de um juiz. O levantador de toadas, as cunhãs-porangas e o próprio boi de pano dançaram para deleite de poucos até o sol raiar. É o que nos diz um prestigiado colunista social.

***     ***

PERDEU-SE A ORIGEM – Acreditar que o boi de Parintins seja, hoje, cultura popular, por conta do talento inegável e inesgotável de seus artistas plásticos é o mesmo que achar que a FIAT pertence aos operários apenas porque são eles que constróem os carros da empresa. Subitamente, apaga-se a exploração. Mas um dia, o boi foi (expressão) do povo.

***     ***

AD ETERNUM? – Perguntamo-nos, inutilmente, se haveria comoção semelhante à da época do terremoto, se hoje fizéssemos campanha pelo Haiti. Atualmente, uma outra hecatombe toma conta daquele país, e muito pior que a trazida pelo movimento das placas tectônicas, pois que esta tem por objetivo a perpetuação da miséria e da dominação político-econômica naquele país. E feita pelo homem.

***     ***

AD ETERNUM BRASILIS? – Igualmente, no auge da comoção da classe média (leia-se compaixão) do auxílio aos desabrigados na Serra do Rio de Janeiro e de São Paulo, ignorar-se-á, daqui a alguns meses, que evitar a repetição farsesca destes eventos, no verão de 2012 está a um passo. Basta continuar movimentando a energia, desta vez não pela via da compaixão, mas pela da razão. Infelizmente, Razão e Compaixão são interexcludentes.

***     ***

NADA DE NOVO NO FRONT – Amazonino não tem nada a dizer. Tudo está na cara, ao alcance de um passeio por Manaus. O que ele diz é o que ele faz. Daí, nada de novo na entrevista concedida à jornalista Ivânia Vieira e exibida na edição dominical de A Crítica. O que a classe média twítica viu nela de tão revelador? O louvável é, talvez, apenas o fato da jornalista ter suportado estar no mesmo ambiente que o atual prefake (prefeito fake) de Manaus por tanto tempo.

***     ***

FRASE DO DIA – Não ha nada mais ficcional do que a realidade.

Anúncios

Uma resposta para “POLIDIZERES

  1. Infelizmente temos vivido uma espécie de bipolaridade do noiciário. Entre a euforia do Flamengo que ganhava Ronaldinho Gaúcho todo cheio das etiquetas internacionais apesar de ser “made in Brazil”. E as trajédias da chuva que vão continuar por anos causando sofrimento àquela população assim como no Haiti só que longe dos holofotes.

    A globo diz que foi atingida por 3 tiros disparados contra seu helicóptero, vão exumar Tim Lopes no Jornal Nacional, espero que não. O Big Brother edição 11 não causou tanta comoção e já tem gente falando de carnaval.

    Depois que a Tunísia ameaou emplacar manchetes internacionais eis que surge um atentado no aeroporto de Moscow para desviar toda a atenção.

    Temos que ser informados, mas não dessa fragmentada e repetitiva. Precisamos de aprofundamento, investigação e debate. Coisa que a mídia brasileira não faz e está convencendo a blogosfera a tb não fazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s