CHUVA, VERBO IN-TRANSITIVO vs A INTRANSIGÊNCIA DA MISÉRIA DOS POLÍTICOS

Chove. O chover, na língua do brasileiro, herdada, digerida e transformada dos portugueses, é verbo intransitivo. Não transita? Não varia? Em Manaus, assim como em diversas outras cidades Brasil adentro, o chover não apenas é transitivo, como revolucionário. Trepidação da água, do turbilhão, que traz de volta o lixo jogado displicentemente na rua, pela imagem do pensamento mediatizada pelo infantilismo do capitalismo: jogou, sumiu.

Mas o que ele traz mesmo, a contragosto do sistema de produção linear e finito, que é o capitalismo, é o turbilhão da potência da natureza. Para a natureza, que nada sabe de sintaxe da língua portuguesa, chover é não apenas transitivo, como transitório e transacional. Trans-passar. A água transpassa o solo, e compõe com os corpos. Mas não compõe com o asfalto, com o concreto, com a cidade. Sobretudo se ela for a imagem do fracasso da criação, se ela for o espectro persecutório do fracasso e da impotência de seus governantes, através das décadas. Estes não percebem sequer uma gota de chuva caindo nos narizes; nem mesmo quando o povo, por fina ironia, sorri diante da evidenciação da miséria: quando se precisa sempre e sempre de algo, é porque a falta dele é irremediavelmente irreparável. Imagine que dor mais rasteira e dolorida que ser dependente de dinheiro? Quando ele deixa de ser meio, para ser fim. O povo sabe o tamanho do buraco sem fundo do político corrupto (=corrompido).

Aí a alagação não tem fim, porque o dinheiro não se atualiza em objetos produzidos a partir de uma perspectiva de produção social de modos de existência, de ética e de Bem Comum. Nada de bem-estar; é mal-estar na civilização manauara, mesmo.

Portanto, quando o igarapé alagar, quando a poça d`água surgir, quando a lama brotar, lembre-se que a natureza não faz política, mas o homem, sim. De um jeito, ou de outro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s