LULA DECIDE NÃO CONCORRER A CARGO DE SECRETÁRIO-GERAL DA ONU

Para o presidente Lula, o cargo de secretário-geral da Organização das Nações  Unidas (ONU) não deve ser ocupado por ex-presidentes, tendo como mérito somente sua influência política. Lula diz que o cargo deve ser concorrido e exercido por técnicos.

Sobre a indicação do presidente da Bolívia, Evo Morales, de Lula para a Secretaria-Geral das Nações Unidas, o presidente do Brasil disse durante o encerramento da Cúpula do Mercosul:  “Vejo a indicação como um gesto de cortesia do meu companheiro Evo Morales, mas essas coisas a gente não reivindica, não pede e não articula. Acho que a ONU precisa ser dirigida por algum técnico competente, não pode ter um político forte, porque ele não pode ser maior do que os presidentes dos países”.

Lula ainda disse ver como perigoso a ocupação do cargo por um ex-presidente dos Estados Unidos: “Fico meio preocupado porque, se virar moda, presidentes de países presidirem a ONU, daqui a pouco, os Estados Unidos estarão disputando, além do Conselho de Segurança, o controle também das Nações Unidas, e aí tudo ficará mais difícil”.

A respeito de sua continuação na política, Lula deixou claro que a política não se reduz a cargos: “Posso contribuir sem ter cargo. Não preciso mais de cargo, preciso somente de motivação”.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s