ENUNCIAÇÕES DAS PÁGINAS ÍNTIMAS DE FRANZ KAFKA

Diário. 13 de fevereiro de 1912

“Começo a escrever a conferência que deve acompanhar os textos declamados por Lowy. Realizar-se-á no domingo, 18. Não tenho já muito tempo para me preparar e, contudo devo cantar um recitativo como uma ópera. Por esta única razão é que, desde há dias, uma agitação ininterrupta me oprime e, em solidão, antes do início propriamente dito, quereria escrever por minha própria conta algumas palavras, a fim de só me apresentar em público já dentro do texto. O frio e o calor alternam dentro de mim com as palavras de uma frase, sonho com a expansão e a queda melodiosas. Leio frases de Goethe como se percorresse com todo o meu corpo a gama das entonações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s