NEM EM PARINTINS SERRA SE DEU BEM

O candidato José Serra tinha tudo para, no Amazonas, receber ao menos um prêmio de consolação. É que na cidade de Parintins, existiam duas situações que permitiam ao tucano sonhar com uma vitória. Uma, o pretenso inconformismo do eleitor parintinense com a não-reeleição de Arthur Neto, que foi vendido ao eleitor bovino como o único que traz recursos para a cidade. Outra, o prefeito, Bi Garcia, do PSDB e coordenador da campanha serrista na região Norte. Para se ter uma ideia da vontade prefeitural em fazer boa votação para o candidato paulista em terras garantidas e caprichosas, havia até triciclo (carro movido a pedaladas cabocais) andando nas ruas, diariamente, com o jingle do #quero45.

Mas de nada adiantou. Na terra dos bois, nem mesmo a canga prefeitural salvou o PSDBista do vexame. Na totalização dos votos, ficaram para Serra apenas 3843, contra 32556 de Dilma. Bumba, bumbá…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s