FRANÇA ACEITA LEI DE CIRCULAÇÃO DE PESSOAS DA UNIÃO EUROPEIA

As críticas feitas pela comissária de Justiça do bloco europeu, Viviane Reding, sobre a repatriação do povo Roma (como são conhecidos o povo cigano na França) na França. Para evitar medidas legais por parte do bloco europeu, Paris tinha até a noite desta sexta-feira para apresentar um projeto de adequação à diretiva 2004/38.

Tal diretiva prever como “direito fundamental” a livre circulação de cidadãos do bloco europeu dentro dos 27 países-membros. A chancelaria francesa  disse que “as autoridades francesas estão dispostas a inserir certas disposições da diretiva 2004/38 (da UE) dentro dos textos do direito nacional”.

O povo Roma, entre julho e setembro, foi expulso para a Romênia e a Bulgária, países membros da UE, sob a acusação de viverem ilegalmente em território francês. Logo após o acontecido, em 29 de setembro, Reding, disse que abriria processo contra Paris por conta das deportações, o que abriu uma crise diplomática entre a França e a UE. A comissária do bloco europeu ainda disse que achava o que ocorreu na França era algo que “a Europa não voltaria a ver depois da Segunda Guerra Mundial”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s