O HUMOR INTELIGENTE DE LULA NÃO COMPREENDIDO PELA FOLHA E PELO ESTADÃO

O humor é um acontecimento social. São os gestos, os tipos, a escrita, as situações cotidianas transformadas em ações estéticas, fazendo parte da moral cívica que organiza a existência, dividindo-a, classificando-a e hierarquizando-a, os elementos que compõem o humor, entre tantos outros percebidos e não percebidos. A inversão da mecânica desta moral é uma das ações geradoras do humor e do riso. Daí o humor poder ser inteligente quando procura perceber o acontecimento social fora da seriedade que lhe foi imposta por uma regra moral, dando-lhe a possibilidade de um novo entendimento. Mas há também a tentativa de fazer um humor que pretende cristalizar mais ainda as regras morais fortalecendo os preconceitos constituídos, por exemplo.

Neste ponto de vista, a contradição espontânea, do presidente Lula em dizer que podia fazer uma “emendinha” na lei da Nova Defesa, para a criação de um terceiro mandato, pode ser compreendida como um humor inteligente. Contradição porque Lula sempre se manteve na opinião de ser contra este terceiro mandato. Logo quando disse o que disse, não foi apenas para o riso de outros, mas para rir junto com todos que ali estavam a lhe ouvir. Tanto que não procurou em outras pessoas, em outras ações a razão de seu bom humor, mas em si mesmo, usando a si próprio e a sua condição social e existencial para gerar risos. Lula inverteu sua condição moral brincando com suas próprias convicções. Talvez algo que não seja tão extraordinário se pensarmos que Lula já era um grande comediante, produtor de humor inteligente, quando tornou possível a contradição de um metalúrgico se tornar presidente em um país onde a chamada elite intelectual e econômica não admitia isto em hipótese alguma em nome dos bons costumes da moral burguesa.

Esta mesma elite, em sua versão impressa, Folha de São Paulo e Estadão, não compreendeu o Humor inteligente do presidente, como até hoje não conseguem entender como o Brasil cresceu com um torneiro mecânico, trabalhador vindo da pobreza, e fizeram uma leitura reduzida do acontecimento social humorístico em questão. Segundo o Blog do Planalto estes jornais estamparam logo em suas páginas:

“Folha noticiou: Petista diz que poderia ter feito ‘emendinha’ para esticar mandato. E ainda apontou a falsa contradição: Presidente, no entanto, sempre negou a possibilidade de haver terceiro mandato. Estadão foi na mesma linha: Lula lamenta não ter tentado 3º mandato”.

O Globo, parecendo ter entendido o corte humorístico noticiou: “Lula e a ‘emendinha’ — Presidente, em tom de brincadeira, lamenta falta de iniciativa por mandato maior”.

Assim como no crescimento econômico e social do Brasil, no humor de Lula, o rancor não vence a alegria do riso inteligente.

Abaixo o vídeo onde Lula faz saltar seu humor inteligente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s