Vergonha do candidato

Do Blog do Nassif

Por Roberto São Paulo-SP 2010

Do Terra

Pavan: tucanos não podem ter vergonha de pedir votos para Serra

Portal Terra, Eleições 2010, Fabrício Escandiuzzi, Direto de Florianópolis

25 de agosto de 2010 • 11h09 • atualizado às 11h12

Ao lado de Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, o governador Leonel Pavan participou da inauguração de um comitê pró-Serra na região central de Florianópolis nesta terça-feira (25)

O governador de Santa Catarina, Leonel Pavan (PSDB), disse na noite desta terça-feira (24) que os correligionários estariam “envergonhados” em pedir votos para o candidato do partido à presidência da República, José Serra.

Para o líder catarinense, que foi impedido de se candidatar ao governo por um pedido do próprio Serra, a campanha de Dilma Rousseff (PT) e a presença do presidente Lula no horário eleitoral estariam “intimidando” os tucanos. “Temos que perder a timidez e pedir votos na rua. Não podemos ter vergonha de pedir votos para José Serra”, disse.

Pavan participou da inauguração de um comitê pró-Serra na região central de Florianópolis na noite desta terça-feira (25). Pouco antes ele se reuniu a portas fechadas com o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, para tentar aparar as desavenças públicas com a candidatura do democrata Raimundo Colombo ao governo estadual.

Outro ponto bastante debatido foi o avanço da candidata petista nas pesquisas de intenção de voto e o empate técnico verificado em Santa Catarina , Estado onde o PT saiu derrotado nas últimas eleições. O desempenho de Serra acendeu a “luz de alerta” nas lideranças estaduais.

Os democratas não utilizaram o nome do presidenciável tucano nos programas eleitorais veiculados em Santa Catarina. Além disso, lideranças do PSDB vêm manifestando apoio à candidatura de Ângela Amin (PP), ao governo do Estado.

“Não entendo porque tanta timidez. Não podemos nos envergonhar de pedir votos para o nosso candidato, até porque ele é o melhor. Não consigo entender essa timidez a 40 dias da eleição. Temos um nome que foi governador do maior estado do país, ministro e que não deve nada¿, disse. “Se o programa do PT traz uma mulher, precisamos citar Ruth Cardoso, que foi um exemplo em nossa legenda”.

Com Sérgio Guerra, Pavan inaugurou a sede de campanha de Serra na capital catarinense para um público formado apenas por lideranças do PSDB. No total, serão abertos 45 núcleos de campanha nos municípios mais populosos do Estado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s