FRASE DO DIA

“Não vale uma nota de três reais”.

A frase é do candidato do PSDB, José Serra, à presidência do Brasil, e é a tréplica à resposta da chancelaria da Bolívia aos ataques que o tucano tem feito. Ele tem atacado sistematicamente os países sul-americanos, e nesta semana acusou o governo boliviano de ser cúmplice do tráfico internacional de drogas.

Alguém terá dito que o candidato da oposição, que se quer não oposto, mas “pós”, cada vez mais se enreda numa teia de ressentimento e limitação cognitiva. Mesmo que a tática seja fortalecer um discurso duro e reacionário para garantir os votos de parte da população, a nós fica evidente que para os serristas, o estoque de ataques a Dilma se reduz a expor sua falta de experiência, e para os ataques ao governo Lula, não há munição. E não é por escolha, por medo de atacar uma gestão aprovada por mais de 80% da população. É incapacidade cognitiva de compreender como e porque foram feitos os projetos que mudaram os rumos do país, há sete anos.

Serra não critica o governo Lula porque não pode; não critica porque não sabe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s